Palankalama

Decembro 15, 2017

nta:

nota:

15 de dezembro, às 22h00, aterram na Arca, Palankalama.

Banda instrumental do Porto dedicada à música folk de várias regiões. O rock e o jazz são alguns dos veículos utilizados para traçar narrativas.
Os Palankalama são um quarteto do Porto que produz música instrumental de carácter cinematográfico com influências da música tradicional/folk de várias regiões do mundo. A bateria, o contrabaixo, a guitarra eléctrica, o bandolim e o cavaquinho português são os instrumentos explorados pela banda, sendo o diálogo orgânico entre eles um dos principais fundamentos artísticos dos seus elementos.
Em 2016 editaram o primeiro disco (homónimo) pela Banzé no qual se dedicaram à exploração de alguma música tradicional norte-americana como o blues, o bluegrass ou a música folclórica de carácter indígena do mesmo continente. O disco apresenta também influências da música latino-americana e uma busca constante de reinventar universos musicais como o de Mark Ribot ou Tom Waits. O bandolim é o instrumento central neste disco concretizando a maior parte das melodias dos temas, assumindo assim, uma enorme influência na sonoridade do fonograma.
No novo álbum em preparações finais – Boca de Raia – o cavaquinho português aparece como elemento central da formação, trazendo consigo o enorme desafio de incorporar as suas características no contexto sonoro da banda.

Facebook

22:00 h.
A Arca da Noe, Vilar de Santos, Ourense.